Francano espalha pelas ruas sua arte em forma de pixels

ACIF em Revista - edição 279 - Março

 

Observando alguns pontos da cidade é que você consegue ver artes em forma de pixels. Quadradinhos em azulejos coloridos dão leveza a locais antes sem cor. Pelas ruas de Franca é possível encontrar algumas intervenções em postes, muros, pontilhões e pontes. São mais de 140 intervenções urbanas que foram produzidas pelo artista francano Aislan Adrian, de 32 anos. Sua arte foi parar no Museu do Louvre e voltou para a terra do calçado condecorado, pois ganhou medalha de desenho mais criativo exposto no tão famoso ponto turístico da França.  

Figuras da cultura nerd, Monalisa e pássaros são alguns de seus desenhos espalhados pelas ruas de Franca e suas inspirações vieram dos jogos de vídeo game, mas que ao longo dos anos foi dando lugar apenas a sua própria criatividade. Atualmente busca referências no dia a dia das cidades em que visita. “No início minha maior referência foi essa. Agora, adquiri maturidade e agilidade para buscar referências mais sólidas para comercializar meu trabalho para todos os públicos”, explica.

Seus quadros estão presentes em lojas, galerias e estabelecimentos comerciais. É possível ver sua arte no Tower Hotel, nas ruas Álvares Abranches e Carlos do Carmo, e também na Padaria Pão Nosso. Além de 146 pontos a céu aberto espalhados pela cidade. “Os que todos vêem pela cidade são intervenções urbanas, nelas consigo fazer propaganda e mostrar o potencial do meu trabalho, além de trazer beleza e leveza pra cidade. A rentabilidade vem de encomendas de quadros, além de comercializar, camisetas, meias, canecas, chaveiros, bonés. Tudo com minha logo e nome do meu trabalho. Além de parcerias com marcas onde rentabiliza uma porcentagem nas vendas. Sou convidado ainda para dar workshops e palestras para falar de arte, vida e empreendedorismo”.

O mínimo cobrado pelo artista em um quadro é R$150, mas cada projeto é uma nova ideia e um valor. De acordo com Aislan, seu plano de negócio é para 10 anos e tudo o que tem realizado, está dentro do seu planejamento de carreira. “Com apenas quatro anos de carreira, eu estou muito satisfeito até aqui”.

 

Sobre a exposição no Museu de Louvre

Foi por meio de um convite que o artista francano Aislan Adrian, teve a oportunidade de expor sua arte em pixel na França. Existe uma feira chamada ARTCOM promovida pelo próprio Museu do Louvre, em Paris, que reúne galerias do mundo todo. Uma artista que representa uma galeria da Noruega convidou Aislan para expor no Louvre. “Essa grande experiência aconteceu em 2018 e foi um momento único. Foram três dias de exposição e tive a enorme satisfação de ser condecorado com uma medalha, onde meu trabalho foi avaliado como quadro mais criativo do evento”, finaliza.

 

 Leia a revista completa: https://bit.ly/3b7p8hj 

Texto: Ana Luiza Silva / Casa da Comunicação Franca

Fotos: Thiago Andrade

  •