Negócios e histórias

24/12/2020

Atrás de toda empresa, produto ou serviço, há uma carga de sonhos, medos, frustrações, conquistas, mudanças, felicidades e tristezas. Ou seja, há uma história. Misture tudo isso para se comunicar com o seu cliente.

O empreendedor carrega a responsabilidade de fazer com que os outros acreditem no que ele acredita, deem valor ao que ele oferece, confiem no que ele entrega. É nesse ponto que o storytelling entra. Muitas vezes, ele é associado a uma técnica das startups para montar o pitch  – a apresentação das empresas inovadoras para atrair investidores e bancas de aceleradoras.

Independentemente se você é uma startup ou não, storytelling é muito mais do que contar uma história. Ela faz parte do seu negócio, como uma estratégia de engajamento com o cliente. Afinal, somos apaixonados por boas histórias. O contar uma história também está no porquê, como e o que a sua empresa posta nas redes sociais, telefone, e-mail, atendimento presencial, pós-vendas e em todas as formas em que há comunicação com o público.

Você tem de saber o que contar, de que maneira contar em cada momento, a finalidade de cada conteúdo, qual o ritmo quer dar para a história e qual mensagem quer deixar para o público. Sabendo que é importante contar boas histórias durante toda jornada, fique atento para não cometer o erro de não haver conexão entre elas.

Ou seja, o que você posta no Facebook tem conexão, mesma linguagem e sentido no próximo contato com seu cliente? As ideias estão amarradas? Por exemplo, ele é impactado por uma boa postagem no Instagram, mas não tem um bom atendimento quando telefona para tirar uma dúvida. Nesse momento você quebra a confiança. Como você gostaria de ser lembrado? O que o seu cliente deve sentir ao se relacionar com a sua marca? Esses são pontos que o empreendedor deve ter atenção ao construir seu negócio.

Procure colher feedbacks sobre a sua comunicação. Descubra o que de fato ajuda a ser mais assertivo no que você quer transmitir. Por fim, o importante é começar a pensar no storytelling do seu negócio sabendo que é um processo contínuo de aprendizagem.

 

Fabrício Siansi - Analista de negócios do Sebrae-SP

Fonte: ACIF em Revista de Dezembro/2020

  •