Rodada de Negócios Internacionais será em março

ACIF em Revista - edição 278 - Fevereiro

 

A ACIF (Associação do Comércio e Indústria de Franca), Prefeitura Municipal de Franca, Investe SP e Sebrae vão realizar a 1ª Rodada de Negócios Internacionais em Franca (FBR), no dia 18 de março. Voltada para fabricantes de calçados, a ação terá duração de dois dias, e reunirá 32 empresas locais e 25 compradores dos Estados Unidos, Colômbia, Chile, Peru, Equador, Argentina, Bolívia e Paraguai. O evento é fechado, só para convidados.

A Rodada de Negócios Internacionais conta com o apoio do Branco do Brasil, Euromonitor, Sindifranca (Sindicato da Indústria de Calçados de Franca), Facesp (Federação das Associações Comerciais do Estado de SP), Ciesp/Franca (Centro das Indústrias do Estado de SP), UPS (United Parcel Service), Ceciex (Conselho Brasileiro das Empresas Comerciais, Importadoras e Exportadoras), Associação Comercial de São Paulo e Ibrei (Instituto Brasileiro de Desenvolvimento de Relações Empresariais Internacionais).

“A Rodada de Negócios Internacionais tem como objetivo dar oportunidade às empresas francanas com poder de exportação para negociar com os importadores. Teremos intérpretes que poderão auxiliar os empresários em suas negociações e fomentar o setor calçadista é a nossa meta”, afirma Suyara Águila, coordenadora do DNI-ACIF.

O cronograma do evento já foi definido. No dia 17 de março, o expositor deve montar seu respectivo estande. Nos dias 18 e 19 de março, acontecerão as reuniões da rodada. Serão 30 fábricas de calçados entre micro e grandes empresas e cada uma delas deve atender  pelo menos 10 importadores por dia.

No dia 20 enquanto acontece a desmontagem do evento, os importadores farão uma visita técnica em uma fazenda de café da Região da Alta Mogiana.  

Válido ressaltar que, durante a Rodada, o DNI-ACIF auxiliará os participantes quanto às traduções e acompanhamento das negociações. Uma equipe da área de operações financeiras internacionais do Banco do Brasil estará presente durante o evento que contará, ainda, com o suporte para operações logísticas da UPS (United Parcel Service), despachante aduaneiro e trading parceiros.

“Primeira vez que Franca faz um evento voltado para exportação do calçado. Isso é muito importante para o setor, aproveitando o dólar alto e a qualidade do calçado de Franca. Isso é o início de várias outras rodadas para diversos segmentos como o café e o setor têxtil”, disse Anderson Minamihara, secretário de Desenvolvimento de Franca.

O Sebrae Franca apoia a iniciativa, pois acredita no setor couro calçadista, na modernização e inovação das indústrias, na gestão e em acesso a mercados. “A Franca Business Round é uma das principais ações para o ano de 2020, pois conecta as pequenas indústrias ao mercado internacional e possibilita o aumento do faturamento imediato das empresas. Temos certeza de que a FBR trará grandes resultados para as empresas e como consequência a cidade será beneficiada com desenvolvimento, emprego e renda”, afirmou Vinícius Nóbrega, gerente regional do Sebrae em Franca.

 

Leia a revista completa: https://bit.ly/37YI0ha

Foto: Wilker Maia

 

  •