Saiba como se preparar para a páscoa

15/03/2017

Assim como o Natal e o Dia das Mães, a Páscoa tem se mostrado um período para gerar bons negócios. Além dos chocolates, a época pode ser muito propícia para a venda de vinhos, pescados, condimentos (azeite e ervas), brinquedos (como venda complementar dos ovos de chocolate), serviços de manutenção veicular (por causa das viagens feitas no feriado), bares, restaurantes e pacotes turísticos.

Com tanto potencial para empreender e ganhar dinheiro na Páscoa, conheça algumas dicas do Sebrae Minas que podem ajudar a planejar, divulgar e controlar as finanças do negócio.


Comércio varejista
O comércio prevê que as vendas de ovos de Páscoa cresçam 2% em 2017 em comparação ao ano anterior. Para não perder as oportunidades geradas no período, veja algumas dicas para lucrar mais sem perder o foco:

• Quanto mais vistosos forem os produtos, maiores as chances de venda.
• Avalie a disponibilidade de produtos no estoque e programe a compra de ingredientes antecipadamente.
• Treine sua equipe para atender as necessidades do seu público, inclusive, os funcionários temporários.
• Use artigos de decoração que remetam à Páscoa, mesmo que seu negócio não comercialize os produtos da época.
• Lembre-se de contabilizar o custo da mercadoria a ser vendida, incluindo o valor da embalagem no preço final.
• Avalie ações de divulgação, aproveite os canais digitais e as mídias sociais para aumentar as vendas e atingir um maior número de clientes.
• Aproveite o período para fidelizar clientes e construir relacionamentos duradouros. A prática do pós-venda proporciona mais chances de manter o consumidor e atraí-lo em outros momentos.
• Organize os ovos de Páscoa em uma estrutura acima da cabeça dos clientes.
• Lembre-se que 80% da decisão de compra acontece no ponto de venda.

Setor alimentício e de bebidas
Estabelecimentos de alimentação fora do lar, padarias, adegas e peixarias oferecem produtos e serviços que têm grande demanda nesta época como: vinhos, o tradicional bacalhau e colombas pascoais. Alguns restaurantes lotam com famílias inteiras que se reúnem para festejar. Para estes negócios, o ponto crucial é se atentar para as boas práticas na manipulação dos alimentos. Confira a receita para se dar bem:

• Bares, restaurantes, lanchonetes e mesmo empresas de entrega de comidas (marmitex) precisam disponibilizar mais peixes no cardápio no período que antecede a Páscoa. Há muitas pessoas que restringem a ingestão de carne vermelha nessa época.
• O gelo utilizado sobre o pescado, por exemplo, fica em contato direto com o alimento, portanto, deve ser de água potável.
• A Vigilância Sanitária intensifica a fiscalização nesta época, verificando as datas de validade dos produtos. Faça reposições e controle seu estoque de modo a diminuir as perdas.
• Gerencie seu estoque. O primeiro produto que entra é o primeiro que deve ser vendido.
• Treine a equipe para manusear os produtos.
• Valorize a exposição dos produtos.
• Ofereça degustação na loja e faça ações para que o aroma do produto se espalhe em horários-chave, o que pode ajudar a aumentar suas vendas.

Turismo
Como em anos anteriores, o período da Semana Santa (neste ano de 14 a 16 de abril), tem um aumento do fluxo de pessoas que colocam o pé na estrada, seja para passar a Páscoa com a família ou mesmo para descansar, aproveitando o feriado prolongado.  Saiba como transformar os negócios ligados ao setor turismo em oportunidades para conquistar os clientes e aumentar o faturamento:

• Ofereça pacotes para a família, pois o feriado é favorável para esse tipo de programa.
• A divulgação precisa ser feita com antecedência, para que os clientes planejem a viagem.
•  Use o cadastro de clientes para entrar em contato com seu público.
• Aproveite os profissionais que já foram treinados e se destacaram no período de cobertura de férias. Seu atendimento continuará com qualidade e seus custos serão menores.
• É importante que hotéis e pousadas valorizem a data com decorações específicas.
•  Prepare atividades e brindes especiais para o domingo de Páscoa e faça publicidade desse diferencial.  Isso chamará o cliente.
• Ao planejar as formas de pagamento que oferecerá, verifique o impacto que o parcelamento terá no fluxo de caixa da empresa.
• Se for preciso fazer a antecipação de recebíveis, calcule as despesas financeiras (juros) incidentes.

Fonte: E-book Prepare-se para a Páscoa 

Fonte: Sebrae Minas

  •